3 POSSIBILIDADES DE COMBINAR VIOLETA

Violeta é uma cor que muda muito conforme a tonalidade. Todas as cores mudam muito, mas o caso do violeta sempre me encantou por um motivo muito pessoal. Sempre amei os violetas escuros e durante muito tempo evitei os violetas claros. Para mim os tons de uva ou ameixa eram divinos, mas o lilás sugava minha energia. Isso muito antes de me tornar especialista em cores. A medida que fui estudando e tomando consciência da minha história de cor entendi que as cores funcionam como gatilhos para as nossas lembranças, só isso. Assim consegui primeiro fazer as pazes com a minha história e depois fazer as pazes com a cor lilás.

Conhecer a nossa história de cores é fundamental para saber quais cores nos fazem bem, assim iremos favorecer no dia a dia essas preferidas; também para aumentar o nosso repertório de cores, já que vou me esforçar por conhecer mais aquelas cores que gosto menos; e também para fugir da armadilha de usar sempre as mesmas cores e sair da zona de conforto. Escrever isso me faz lembrar da minha surpresa quando ano passado a filha de uma cliente me disse que amava a cor lilás. Eu lembro que internamente sorri e sabia o que isso queria dizer: era hora de usar a cor lilás em um projeto para afastar de vez o fantasma dos preconceitos em cores.

Hoje vou fazer isso novamente! Criei três paletas de cores com a cor violeta. São três possibilidades de combinar violeta usando três tonalidades diferentes: violeta uva, violeta ameixa e lilás. Vamos conhecer um pouco de cada uma!

Violeta uva é de subtom avermelhado. Isso faz dela uma cor mais quente quando comparada com o frio e mais sério ameixa por exemplo. ⁠⁠Como todos os violetas é uma cor profunda, e mesmo que possamos clarear um pouco, diria que quase sempre é uma cor escura, mais densa.⁠⁠ Puxando por esse lado podemos falar de maturidade, de experiência, de pés na terra. Pensa comigo, um casamento decorado com violeta uva, você imagina um casal de 20 anos ou mais para um casal de +35 anos? ⁠⁠Mas não imaginem que estou dizendo que seja uma cor entediante, nada disso. Lembrem que ela tem vermelho ai dentro, mais vermelho do que outros violetas... assim ela tem sua dose de energia. Talvez contida, mas energia no fim.


Violeta ameixa é uma tonalidade com subtom azulado. Isso faz dela uma cor mais fria quando comparado a outros violetas como a cor uva ou orquídea, por exemplo. ⁠⁠Essa frieza do azul deixa a tonalidade mais séria e bem comportada, também mais profunda e introspectiva. A cor ameixa carrega uma certa solenidade. ⁠⁠Mas nunca podemos esquecer que ainda que seja mais azulado, a energia do vermelho está aí contida. Nessa mistura da cor ameixa o violeta se apresenta como uma cor poderosa, rica e reflexiva. ⁠⁠


Lilás é um violeta claro, o que conhecemos como cor pastel. Como tal não deve ser confundido com a cor malva que é acinzentada, apagada e tristonha. O lilás é suave e delicado. É também uma cor amigável, contrariando os violetas mais escuros que costumam ser mais introspectivos. O lilás tem subtom quente, ou seja o rosa se faz presente nele. Diferente do lavanda que tem subtom azulado. Assim o lilás é mais feminino e mais expressivo quando comparado ao mais bem comportado lavanda.


Vamos às paletas!


>>> A PALETA MODERNINHA PARA TODOS com violeta ameixa.



>>> A PALETA INFANTIL com lilás.

>>> A PALETA DO JOGO DA SEDUÇÃO com violeta uva.

Você quer saber como eu faço para criar estas paletas?

  1. O ponto de partida foram as 3 tonalidades de violeta que escolhi para ser a base das paletas de cores.

  2. Pensei em quais 3 ideias (ou sensações ou emoções) podia construir com cada uma dessas 3 tonalidades de violeta.

  3. Depois pensei em quais outras cores e tonalidades podiam contribuir para essas mensagens. Para cada uma dessas cores avaliei a luminosidade (se seria uma tonalidade clara ou escura) e também a saturação (se seria uma tonalidade vibrante ou apagada) até chegar na proposta que melhor traduz o meu objetivo.

  4. Dou também atenção especial nas proporções em que cada tonalidade será usada (no desenho em que elas estão juntas mais à direita).

  5. A grande sacada que aprendi faz tempo é que não uso o círculo cromático para fazer estas paletas, não é necessário quando você segue o passo a passo anterior :)

Para finalizar, um ponto super importante: não há receitas, nem dogmas na hora de combinar cores. E também, não há respostas únicas. As propostas que eu trago neste blog post são apenas 3 possibilidades entre milhões.


Lembro que já fiz outros posts similares a este nos quais combinei azul marinho, verde esmeralda e amarelos. Se gostou desta proposta não perca os outros posts, vou colocar aqui os links para você ir direto até eles.


>>> Clica aqui para ler 3 possibilidades de combinar azul marinho.

>>> Clica aqui para ler 3 possibilidades de combinar verde esmeralda.


>>> Clica aqui para ler 3 possibilidades de combinar amarelo


Nos vemos daqui 7 dias, abraço colorido!

Felicitas



Felicitas Piñeiro. Diretora Criativa e fundadora.

Especialista em cores e designer de Interiores.

Use cores sem medo.
Não existe emoção sem cor. 
felicitas@coreslovers.com
Pinheiros - São Paulo

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon

© 2021 por Cores Lovers.