ASSIM ENTENDI QUE AS TONALIDADES IMPORTAM MAIS DO QUE AS CORES

Este ano de 2020 tem sido um dos anos nos quais mais refleti na minha jornada da cor. O fato de ficar em casa, realizar poucos projetos e no fim do ano botar toda minha energia em criar o primeiro curso online de Cores Lovers - que chama exatamente assim "Jornada da Cor" - me fez olhar para dentro como nunca antes. Assim foi como descobri três momentos que foram definitivos para construir uma das maiores crenças nas quais se sustenta o meu trabalho: que as tonalidades são mais importantes do que as cores em si.


Para relatar o primeiro momento precisamos voltar no tempo até 2012 quando comecei a criar paletas de cores digitais para publicar no meu antigo blog. Naquele momento, ainda não tinha feito nenhum curso de cores e tudo o que fazia era puro instinto, tinha uma dificuldade enorme em descrever ou minimamente falar das cores.


Eu queria muito entender e diferenciar o que era um amarelo milho de um amarelo manteiga.


Um azul turquesa de um azul céu.


Um laranja de um terracota.