PAREDES BRANCAS OU PAREDES COLORIDAS, QUAL ESCOLHER?

Alguma vez já me perguntaram se eu pintava paredes brancas nos meus projetos. Assumo que isso foi motivado pela ideia de que sendo especialista em cores somente pinte paredes coloridas. E minha resposta é sempre a mesma: se fizer sentido para o projeto pintar as paredes brancas, claro que usarei branco. Da mesma forma, somente pinto paredes coloridas quando isso faz sentido para o projeto ou consultoria cromática em questão. Portanto, hoje vou lhes contar quando eu considero que paredes brancas são melhores opções a paredes coloridas, e ao contrário, quando considero que paredes coloridas são uma melhor escolha de decoração. Vamos lá. 

1. Paredes brancas fazem sentido quando se trata de um ambiente naturalmente iluminado. 

Pode parecer um contra-senso porque normalmente as pessoas usam branco para que o ambiente fique iluminado, mas a verdade é que o ambiente não for naturalmente luminoso o branco não ficará bonito. Ambientes escuros ou mal iluminados, simplesmente não brilham em cores brancas. Pelo contrário, eles parecem apagados e sem vida. A grande verdade é que a tinta branca faz maravilhas em ambientes bem iluminados.  Em ambientes mal iluminados faz um bem imenso usar tintas coloridas, para trazer profundidade e textura, e para trazer vida a eles. Para saber se o ambiente é ou não bem iluminado, precisa reparar em se é necessário ou não ligar luzes ao longo do dia. Preste atenção em diferentes horários, na forma e quantidade de luz natural que o ambiente recebe. Pode ser que o ambiente não tenha os raios de sol entrando pela janela, mas ainda assim seja muito bem iluminado ao longo do dia. Ou pode ser que receba raios logo de manhã e depois do meio dia seja necessário ligar as luzes. Repara nisso. 

Se confirmar que se trata de um ambiente não muito bem iluminado, portanto o melhor será usar outras cores nesses ambientes. Como já disse Donald Kaufman:

“Uma cor clara nunca ganhará vida em uma sala escura, mas uma cor rica e profunda pode fazer com que um espaço escuro e sombrio pareça caloroso e luminoso - mesmo que não receba luz natural”.

2. Paredes brancas fazem sentido quando todo o restante é multicolorido. 

Para os amantes de cores… nada melhor do que um fundo branco para arrasar nas cores sem medo. Branco, pode ser um ótimo companheiro para quem quer misturar cores, estampas e texturas em forma livre e solta, sem amarras. E falando em cores vou trazer aqui a enorme alegria de decorar com plantas, no melhor estilo “urban jungle” que estamos vendo tanto estes dias. Acredito que a multiplicidade de verdes deliciosos da natureza podem muito bem brilhar em fundos brancos. Deixar a voz da natureza falar mais alto.


3. Paredes brancas fazem sentido quando o estilo de decoração é rústico.  Madeiras claras ou escuras, pedra natural, tijolo aparente, bamboo, palha, couro, acessórios em ferro, latão e bronze, tecidos e tapetes naturais, objetos feitos a mão… toda esta riqueza de materiais e texturas em um fundo branco cria ambientes muito convidativos, confortáveis e aconchegantes. Ambientes onde o convite para os sentidos passa pela experiência, o foco está no tato, nas texturas e nas histórias e tradições contidas em objetos e acessórios. Muitas vezes estes ambientes estão em casas de campo, ou casas de praia, ou seja locais onde há uma relação clara entre o “fora” banhado por uma beleza natural exuberante, e o “dentro” que acompanha de mansinho fazendo foco no aproveitamento em forma sustentável de materiais locais. 

4. Paredes brancas fazem sentido quando você quer criar um ambiente calmo, sereno, tranquilo e puro. 

E não estou me referindo a hospitais porque há uma grande corrente que diz que quando se trata de cuidar da saúde há enormes ganhos em ambientes coloridos ou, melhor ainda, em contato com a natureza que é colorida “per se”. Mas, há quem goste de um estilo quase “estéril” e portanto nesse caso o branco pode ser uma boa opção, mas não necessariamente fácil para o designer de interiores que deverá fazer uso de muita sutileza no uso de texturas e materiais para que um ambiente totalmente branco ainda ofereça estímulos que o façam convidativo e gostoso para ficar.

5. Paredes brancas fazem sentido quando quer criar um estilo gráfico e de impacto.

Temos visto com muita força o surgimento de acessórios em preto fosco nestes últimos tempos. Tanto para banheiros e cozinhas, como para salas e dormitórios, até em quartos infantis. Assim o estilo gráfico do branco misturado com elementos pretos cria todo um impacto. Isso pode estar em companhia de peças de mobília de design arrojado e super modernos para ambientes únicos e até um tantinho dramáticos. 


6. Paredes brancas NÃO fazem sentido quando se trata de ambientes muito grandes e que desejamos sejam aconchegantes. 

Isto me faz lembrar a como eu tenho pavor daqueles restaurantes de salões enormes, mal iluminados, com pisos frios e paredes brancas… o problema são em verdade, as paredes brancas porque deixam tudo muito distante, me sinto muito “solta” ai dentro, livrada a minha própria sorte… ja ja ja… agora que já conhecem um dos meus medos posso lhes explicar por que isso acontece. Sim, é verdade que branco passa uma sensação de amplitude, mas se não for bem usado, pode passar uma sensação ainda maior de frieza e estranheza. Ainda quando existem locais totalmente brancos no mundo natural, como o Polo Norte ou a Antártida por exemplo, não são locais que fazem parte do nosso imaginário por estas latitudes, portanto ao meu ver nos parecem anti-naturais, estéreis e sem vida. Nesses casos de ambientes muito grandes, usar cores mais escuras pode fazer com que nos sintamos mais acolhidos e contidos, sem vontade de fugir 🙂

7. Paredes brancas NÃO fazem sentido quando são resultado de “preguiça" de pensar em outra cor e não de uma escolha.

Sabe quando você compra ou aluga uma casa ou apartamento e ele chegou até você branco, e ai tem tanto para fazer, tem a mudança, abrir caixas, arrumar, botar todo no local, estou lidando com a ansiedade de me mudar, finalmente consegui… e ah… "que preguiça agora pintar!" Ou pior, “quero pintar mas não faço ideia qual cor então melhor não mexer”. Pois é, esse branco é um que eu adoro combater, no bom sentido claro. Vocês sabem que eu sou da paz, mas se há algo que me apavora é o branco preguiçoso. Talvez por isso decidi finalmente realizar consultorias cromáticas online para ajudar mais e mais pessoas a escolher as cores certas para suas casas. Há tantos ganhos em usar cores para o nosso próprio bem estar que não vejo por que fugir dessa possibilidade.


>>> Para terminar vale dizer aqui que quando falo sobre as possibilidades de usar “branco” com propósito há ainda uma enorme gama de cores brancas que podem ter subtom amarelo, rosado, esverdeado, azulado… muitas possibilidades de brancos entre os quais escolher o tom certo para cada ambiente. 

Espero ter ajudado a esclarecer o dilema de pintar ou não as paredes da sua casa com tinta branca ou tinta colorida. O branco passa determinadas sensações, é aliado de alguns estilos mais do que outros. Branco, e todas as outras cores, precisam ser usadas com propósito. Nada de preguiça na hora de escolher cores! Todo o contrário, use e abuse das cores para favorecer o seu bem-estar emocional e da sua família na sua casa.


Se deseja criar uma paleta de cores para decorar sua casa, lembre que eu posso ajudar você mediante a consultoria cromática on-line, um serviço de Cores Lovers que eu simplesmente adoro. Clica na imagem para ir direto à página do site no qual explico sobre este novo serviço de Cores Lovers.

Abraço colorido!


Boa semana.


Felicitas :)


As fotos neste post estão nas seguintes pastas do Pinterest: Color Mix, Branco, Preto e Branco.


Felicitas Piñeiro. Diretora Criativa e fundadora.

Especialista em cores e designer de Interiores.

Use cores sem medo.
Não existe emoção sem cor. 
felicitas@coreslovers.com
Rua Cristiano Viana 288, Pinheiros - São Paulo

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon

© 2020 por Cores Lovers.