JÁ COMPROU ALGO COM COMBINAÇÕES DE CORES HORROROSAS?

Se você está aqui assumo que deseja explorar novas cores e combinações para os produtos e projetos coloridos que cria e desenvolve. Imagino que nem preciso te convencer de que as cores - quando corretamente escolhidas - provocam sensações boas e portanto é desejável querer "combinar melhor cores" para trazer mais bem estar para seus clientes e portanto com o tempo... ter mais clientes.


Se também deseja combinar cores com liberdade, sem medo de ousar, você está no lugar certo. Fica comigo que vou te contar que isso é totalmente possível.


Uma das maiores verdades quando se trata de cores é que não lembro de jamais ter comprado qualquer produto com combinações de cores horrorosas.


Pelo contrário, já aconteceu comigo de entrar em uma loja a comprar algo e ao descobrir que não tem na cor ou combinação de cores que eu desejo, simplesmente sair de mãos vazias.


>>> Sabe quando você pede Coca Cola e recebe como resposta: "Pode ser Pepsi?"

Pois é, pode ser que você até aceite com má vontade (pelo menos, isso acontece comigo)... mas agora traslada isso para as cores.



>>> Olha a situação, você pede celeste e amarelo e recebe como resposta: "Pode ser pink e verde?" O que você me diz? Aceita feliz? Aceita com má vontade? Ou não aceita?




E olha que eu não precisei estudar cores pelos últimos 10 anos em forma ininterrupta para saber isso. Eu estou neste instante olhando para todos os objetos que estão ao redor de mim (desde minha roupa até os objetos e mobília - vale dizer que estou sentada na cozinha da minha casa escrevendo) e todos e cada um foram escolhidos porque gosto das suas cores e combinações.


Você já pensou nisso?


E digo mais: quando fiz a paleta de cores para a loja de sapatos Luiza Perea, que depois me valeu ser finalista no ABD Design Awards pelo melhor uso da cor, você imagina que cheguei para as irmãs Luiza e Mirela e disse "Olhem meninas a paleta de cores da loja pode ser esta ou esta outra, tanto faz, vocês escolhem".



Naooooo, claro que não. A combinação de cores da loja, a forma de usar as cores e as proporções em que as cores foram usadas foi todo pensando para atender essa marca, no seu mercado e com o seu posicionamento. Semanas atrás conversando com a Luiza, depois de 4 anos do re-design da loja ela me disse que não mudaria nada. Ou seja, a paleta de cores continua atual e atrativa.


Isso para mim é saber combinar cores com intenção e propósito.

Isso é o que você pode aprender no meu curso Como Combinar Cores sem errar.


E é importante reforçar que todos podem aprender porque sou uma convicta que saber combinar cores pode até parecer um dom para algumas poucas pessoas que nascem com essa habilidade e não perdem ela no caminho de se tornar adultas. Para todos os outros o que acontece é que vamos ficando sérios, preocupados demais, influenciados demais com opiniões alheias das mais diversas... e no caminho perdemos o essencial: a capacidade inata de combinar cores.


Já viu alguma criança duvidando se o vermelho combina com o rosa? Ou se multicolorido pode ser muito?


No curso Como Combinar Cores sem errar eu tenho alguns objetivos: te ajudar a ganhar a tranquilidade e a clareza que conhecer Teoria das Cores proporciona, te ajudar a ganhar repertório e te ajudar a saber os motivos de realizar uma ou outra combinação de cores (no fim, todas as cores são lindas, certo?).


E o mais importante: quero abrir os teus olhos para a importância de aliar conhecimento técnico com a sua intuição colorida.


Depois eu tenho certeza que você pode se beneficiar de muito que aconteceu comigo: ser reconhecida como especialista em cores, somar isso como diferencial da sua oferta de projetos e ter menos retrabalhos (ou seja menos desperdício de tempo e dinheiro por erros de combinações que não funcionam).


Mas preciso ser bem transparente com você. Não há atalhos, nem fórmulas infalíveis para combinar cores. Não vou vir aqui com papo furado. Há estudo, treino, dedicação e tempo investido em escutar e ouvir tanto seu coração quanto o coração dos seus clientes.


Há também um caminho, um passo a passo que aumenta muito suas chances de escolher e combinar as cores certas. Eu ensino esse caminho no curso Como Combinar Cores sem errar.

  • Primeiro você precisa aprender a VER cores corretamente.

  • Para somente depois aprender a combinar cores.

  • Começar seguindo o passo a passo é um caminho, até que fica craque e tudo fica mais "automático".

  • Você também pode usar diferentes métodos, uns mais objetivos e outros subjetivos.

  • Ainda vou te alertar dos erros mais comuns para evitar.

  • E formas para desenvolver sua intuição colorida.

Porque no fim das contas: se você não compraria qualquer produto com combinações de cores horrorosas, porque os teus clientes fariam isso?


Abraço colorido!

Felicitas