COMO COORDENAR CORES e ESTAMPAS


É impossível negar a importância tanto de cor quanto de estampas no mundo do design atual. E isso independe se estamos falando de design de interiores, o mundo no qual eu atuo profissionalmente, ou se falamos de moda, decoração de festas, papelaria ou acessórios. Como misturar e como coordenar cores e estampas em um projeto ou em uma coleção pode ser o caminho para um design de sonhos. Quando entramos à nossa loja favorita de roupas e andamos pelas araras… o primeiro que notamos são as cores. Assim fazemos a nossa primeira separação, gosto e não gosto. O segundo elemento que notamos é a estampa, e aqui também teremos as nossas preferidas e as não tanto. E dependendo do tecido, e até da iluminação da loja, pode ser que cheguemos perto para pegar na mão uma peça de roupa porque a textura chamou a nossa atenção e precisamos tocar e sentir. Todos esses elementos formam parte do mundo de design ao nosso redor. Se você como eu é profissional e cria usando estes elementos, então eles formam parte das suas escolhas o tempo todo: cor, estampa e textura. Portanto é bom ficarmos experientes nas opções que temos em jogo e como usá-las sem medo e a nosso favor. E ainda quando não estamos trabalhando, mas escolhendo as nossas roupas, decorando a nossa casa e montando a mesa de doces para o aniversário dos nossos filhos… sim, também vamos nos deparar com cor, estampa e textura. Portanto, vamos lá. Vamos ver juntas algumas dicas de como misturar e coordenar cores e estampas. Texturas vamos ver em um próximo newsletter ;)


O primeiro caminho pode ser misturar uma estampa com uma ou duas cores. Aqui você pode escolher da tua estampa uma ou duas cores e repetí-las em opções lisas (ainda pode jogar com diferentes luminosidades e saturações). Ou como na opção da direita em que a ideia foi usar uma harmonia complementar e ainda quando tecnicamente são duas estampas, a azul poderíamos muito bem pensá-la como se fosse um tecido liso.


Neste outro exemplo usei as mesmas cores lisas com duas estampas diferentes, uma estampa étnica e outra estampa tropical, mas com a ideia de mostrar que não tem certo e errado, que vale a experimentação e sempre a tua sensibilidade, o teu gosto e o teu estilo.


Outro caminho é usar as mesmas cores em estampas diferentes. Do lado esquerdo são duas estampas listradas, com listras em diferentes espessuras. E do lado direito são duas estampas floridas, uma de flores menores e outra de flores maiores e estilizadas. Nestes dois exemplos dá para notar a importância de brincar com a escala das estampas. E como estampas de escala pequena às vezes quase viram texturas.